Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Proposta de correção da prova de recuperação - 10º Ano

Mäyjo, 06.02.09

GRUPO I

Minerais metálicos

Minerais não metálicos

Minerais energéticos

Ferro

Cobre

Estanho

Volfrâmio

Sal-gema

Diatomito

Quartzo

Talco

Carvão

Petróleo

Gás natural

Urânio

 

GRUPO II

1. Alentejo e Norte.

2. Norte — pedreiras;  Centro — águas;  Lisboa e Vale do Tejo — pedreiras;  Alentejo — pedreiras; Algarve — pedreiras.

3. Referir 3 problemas da lista que se segue: condições de acessibilidade das minas; dimensão das empresas; agravamento dos custos de exploração; dificuldade de exploração e de prospecção; paralisação de algumas explorações mineiras; aumento do desemprego; desestabilização dos mercados; concorrência de outros países; impacte ambiental.

 

GRUPO III

1. A     2. D     3. B      4. C      5. A

 

GRUPO IV

1. As águas minerais naturais são bens do domínio público do Estado enquanto que as águas minerais de nascente são bens do domínio privado.

2. Águas naturais — norte e centro; águas de nascente — centro.

3. Distinguem-se dois ritmos de crescimento no consumo de água em Portugal. Entre 1987 e 1993 verificou-se um crescimento ligeiro de 27 para 41 litros por habitante/ano, enquanto que entre 1993 e 1999 o crescimento foi mais acentuado, atingindo os 73 litros por habitante/ano. Este rápido aumento do consumo de água ficou a dever-se especialmente às águas minerais naturais.

4. Referir os seguintes aspectos:

— maior preocupação pela qualidade da água;

— desenvolvimento da indústria da água engarrafada;

— maior consciência dos problemas de saúde pública.

 

GRUPO VI

1. Energia eólica, energia solar, biogás, biomassa, energia hídrica, energia geotérmica e energia das ondas e marés.

2. Referires seguintes aspectos:

— precipitação abundante e declives mais acentuados no norte e no centro — condições para a produção de energia hidroeléctrica;

— um terço do país é constituído por áreas florestais — condição para a produção da biomassa;

— manifestações de vulcanismo secundário nos Açores — condição para a produção de energia geotérmica;

— ventos constantes de oeste na costa ocidental e áreas de elevada altitude — condição para a produção de energia eólica;

— posição geográfico e insolação elevada — condições para a produção de energia solar;

— costa com mais de 800 km de extensão — condição para a produção de energia maremotriz;

— apesar das potencialidades, a implementação destas energias exige elevados custos nos equipamentos.

3. Referir os seguintes aspectos:

— utilização racional da energia, com recurso a equipamentos de eficiência energética cada vez maior;

— exploração de novos processos, materiais e tecnologias;

— utilização de fontes de energia que permitam reduzir as emissões de CO2 e de outros gases causadores do efeito de estufa.

 

Proposta de resolução do teste do 9º Ano - turma G

Mäyjo, 06.02.09

 

GEOGRAFIA

Proposta de correcção do 3º teste de avaliação 9º Ano

Teste 3 – Fevereiro 2009

 

 

 

 

 

 

1.1- Produto nacional bruto.

1.2- É a riqueza (valor do conjunto de bens e serviços) criada por todos os nacionais de um país, durante um ano.

1.3- O PNB não é suficiente para medir o desenvolvimento de um país: para haver desenvolvimento é necessário que haja riqueza (dinheiro) mas a existência ou não de desenvolvimento, vai depender da forma como esse dinheiro é aplicado, pois terá que se traduzir numa melhoria da vida da generalidade das pessoas.

1.4- Taxa de alfabetismo, despesas na saúde (em % do PIB), N° habitantes /médico, N° de jornais /100 habitantes…

1.5- Considerou-se que o conceito de desenvolvimento deve integrar aspectos de natureza quantitativa e qualitativa, e como nem sempre é fácil saber o valor dos mesmos indicadores em todos os países, criou-se um indicador para avaliar e comparar o desenvolvimento entre países – o IDH, índice de desenvolvimento humano.

 

2.1- desenvolvimento é um processo que permite a melhoria de vida das pessoas;

2.2- desenvolvimento sustentável é o desenvolvimento que assegura as necessidades das gerações presentes sem empenhar as eventuais necessidades das gerações futuras.

 

3- Geralmente, quanto mais elevado for o valor do PIB, maiores serão as possibilidades de consumo da população, pois é o rendimento que permite esse mesmo consumo.

 

4- Não é possível haver desenvolvimento sem crescimento.

 

5- O rendimento não é a essência da vida das pessoas na medida em que apenas permite a satisfação das necessidade básicas, a qualidade de vida de cada um vai depender da forma como esse rendimento é aplicado. Uma pessoa pode ter um rendimento “baixo” mas sentir-se realizada e feliz, pois há outras dimensões na qualidade de vida que não são acessíveis através do dinheiro: felicidade, liberdade…

 

6.1- Ausência de desenvolvimento.

6.2- A imagem não mostra quais quer elementos físicos associados ao desenvolvimento (burro como meio de transporte) e o texto evidencia que as mulheres não têm os mesmos direitos que os homens.

6.3- Ás afegãs não lhes é permitido: “efectuar qualquer trabalho fora de casa”, sair à rua sozinhas e sem usar a burka, andar de saltos. As mulheres portuguesas têm os mesmos direitos dos homens.

6.4- Portugal, comparado com o Afeganistão, é um país desenvolvido.

 

7.1- O crescimento económico é inferior ao crescimento demográfico.

7.2- Fomes e subnutrição.

7.3- A África e a Ásia do Sul.

7.4- A acção pela qual as pessoas compram e utilizam os bens e serviços que existem no mercado.

7.5- Existe a capacidade de o indivíduo seleccionar e ter acesso a todos os bens e serviços que lhe são indispensáveis.